FNArq protocola representação no MPF contra o PL da “Queima de Arquivo”

09/02/2018

Entidade que congrega associações de arquivistas questiona no Ministério Público Federal (MPF) a constitucionalidade do PL 7.920/2017

O FNArq divulgou em sua página no Facebook a seguinte nota:

O Fórum Nacional das Associações de Arquivologia do Brasil (FNArq) apresentou hoje representação no Ministério Público Federal (MPF) requerendo providências no sentido de questionar a constitucionalidade do Projeto de Lei nº 7.920/2017, o PL da "Queima de Arquivo".
Foram protocoladas representações em Curitiba, através da Associação dos Arquivistas do Estado do Paraná (AAPR) e em Porto Alegre, através da Associação dos Arquivistas do Estado do Rio Grande do Sul (AARS). Demais associações também irão protocolar nas próximas semanas nas Procuradorias Regionais em seus estados.

Íntegra da representação do FNArq no MPF: goo.gl/jw5MFv

Contamos com o apoio do Ministério Público Federal - MPF para impedir a aprovação do PL que coloca em risco os documentos públicos e o patrimônio arquivístico brasileiro.

Você também pode protocolar um pedido de questionamento do PL 7.920/2017 no MPF utilizando o seguinte link: https://aplicativos.pgr.mpf.mp.br/ouvidoria/portal/cadastro.html?tipoServico=2

Subsídios para texto você encontra no blog https://queimadearquivonao.webnode.com/

#QueimadeArquivoNão #NãoPL7920 #ArquivistasEmLuta

FONTE: https://www.facebook.com/FNArquivologia/posts/752312288311408?pnref=story